O que fazer em Florianópolis em dois dias – Preços e dicas

0
627
Praianha da Barra
Prainha da Barra. Foto: Viajesemsegredo

O que fazer em Florianópolis.

É possível ir para Florianópolis em apenas um final de semana e aproveitar muito a ilha da magia viajando a partir de São Paulo gastando muito pouco.

Para tanto, é necessário um pouco de espirito aventureiro e  muita disposição, considerando que você poderá passar muitas horas dentro de um ônibus.

É claro que você não vai conhecer a ilha toda em apenas dois dias, mas posso garantir dá para conhecer lugares maravilhosos! Fiz esse roteiro com uma amiga que veio do Peru, e segundo ela, foi melhor do que conhecer o Rio de Janeiro .

O ideal mesmo, seria fazer essa trip em três dias, ou pelo menos ir de avião na sexta à noite, mas isso pode sair um pouco caro, ou não. A passagem de ida e volta de ônibus sai em torno de R$360,00. Já paguei R$404,00 (com taxas) na ida e volta via aérea, então, sempre dê uma olhada nos preços das companhias  aéreas, existem sim voos baratos para Floripa.

Se você resolver ir voando em uma sexta-feira, lembre-se  que você terá que pagar uma diária a mais na hospedagem e ainda terá que pegar um taxi até o destino, já saindo do Terminal Rodoviário, o Terminal de ônibus comum é logo ao lado.
Faça as contas, a viagem de ônibus dura em torno de 11 horas e de avião 1 hora. Isso é com você!

Como o foco é economizar, vamos de ônibus e ao preços!

Transporte desde São Paulo: R$360,00 (Ida e volta)
Estadia em Hostel: R$55,00 ( Uma diária com café da manhã)
Transporte dentro de Florianópolis : R$40,00 (média geral)
Total: R$455,00

***POUCA BAGAGEM É ESSENCIAL PARA FAZER ESSA TRIP EM DOIS DIAS
Uma mochila básica é ideal, com roupa apenas para dois dias.



Booking.com

Onde se hospedar em Florianópolis?

Para uma trip de dois dias, recomendo o centrinho da lagoa para se hospedar.

Fica praticamente no meio da ilha e o transporte para qualquer lugar é muito fácil. Por questões de logística, é o melhor lugar para se hospedar em Florianópolis!

O centrinho da lagoa tem terminal de ônibus, o TILAG,, shoppings, restaurantes e apesar de tudo isso, é uma região tranquila. Confira aqui a lista de hostels em Florianópolis.

Transporte desde São Paulo até Florianópolis

Existem muitas empresas que fazem o  itinerário São Paulo-Floripa, então não vou indicar uma em especifico, mas posso indicar o site www.socicam.com.br que indica quais empresas fazem o trajeto.

Não escolha a empresa por preço e sim por tempo de viagem. Algumas empresas fazem muitas paradas chegando até 16 horas o trajeto. Fique atento ao tempo de viagem, no máximo, 11 horas.

Então, saia de São Paulo por volta das 20h para chegar cedo em Floripa e não se esqueça de garantir sua passagem de volta no momento da compra da passagem de ida. Se você deixar para comprar na hora, não vai encontrar e você vai perder sua segunda-feira. Prefira o retorno para no máximo as 20h do domingo.

Chegando em Florianópolis

Saindo da rodoviária, vá para a sua direita e verá o terminal de ônibus, a caminhada é curta, menos de 200 metros.

Na bilheteria do terminal, pergunte como chegar no centrinho da lagoa ou na Lagoa da Conceição, eles vão te informar direitinho e é muito fácil. Você irá trocar de ônibus em um outro terminal. A passagem custa menos de R4,00.

Presumindo que você irá chegar as 7h da manhã, às 8h com certeza você estará  no centrinho da lagoa, logo, ainda você não poderá fazer seu check in no Hostel. Se você estiver com pouca bagagem, pegue um ônibus no próprio terminal para a  praia Joaquina, se estiver com muita, vá para o hostel e converse para que você possa deixar suas coisas na recepção. Isso é muito comum em hostels e você não terá problemas. É claro, objetos de valor, sempre devem estar com você.

Florianópolis em dois dias

Esse roteiro, inclui 4 praias, a famosa Joaquina, Praia Mole, Prainha da Barra e Barra da Lagoa, além de  sandboard nas dunas e uma piscina natural.

Primeiro dia:

Considerando que você estará um pouco cansado, vá primeiro para a Joaquina,  é fácil, qualquer ponto de ônibus no centrinho da lagoa passa ônibus pra lá.

O ponto final do ônibus é de frente com a Joaquina, se não tiver transito, o trajeto dura menos de 10 minutos. Alugue uma cadeira de praia e um guarda sol se você não for consumir nada em nenhum dos quiosques, normalmente esse aluguel sai em torno de R$15,00. Não se esqueça de negociar o valor.

A Joaquina é muito linda, mas cuidado, possui ondas fortes, não é a toa que é muito frequentada por surfistas.
Fique o tempo que achar adequado e na volta, não pegue ônibus, volte caminhando e dê uma parada nas dunas. Não é longe, cerca de 15 minutos de caminhada.

Nas dunas, é impossível não fazer o sandboard. Uma hora de aluguel da prancha, sai em torno de R$20,00.

Depois de curtir o sandboard, você pode voltar de ônibus ou caminhando, prefira caminhar até a lagoa, você vai fazer esse trajeto em torno de 20 minutos. Quando chegar na lagoa, você vai encontrar lugares baratos para almoçar.
Após o almoço, pergunte como chegar na Praia Mole. Existem dois caminhos, um pela trilha e outro pela estrada.

A trilha é mais rápida, a estrada é mais segura e ainda você pode conseguir uma carona. Não vale a pena pegar um ônibus até a praia mole por que é muito perto, você vai gastar dinheiro a toa. Em todo caso, prefira a estrada se você estiver só.

Para  voltar ao centrinho da lagoa, pegue um ônibus pois a caminhada será longa. Quase todos os ônibus passam pelo centrinho, mas não deixe de perguntar antes ao motorista.

Segundo dia:

Acorde cedo, tome seu café da minha tranquilamente, faça o check-out, e rumo às piscinas naturais.
Próximo à ponte que dá acesso à lagoa, existe um cais. Nele, sai um barco para a Barra da Lagoa de hora e hora e somente ao finais de semana. O barco custa menos de R$8,00 o trecho. Compre a ida e a volta e fique atento ao horários de retorno. O percurso até a barra, dura em torno de 40 minutos. É possível ir de ônibus mas prefira o barco para evitar transito.

Saindo do barco, pergunte onde ficam as piscinas naturais, todos os locais conhecem e não é difícil de chegar. Para chegar às piscinas, você enfrentará uma trilha, cerca de 20 minutos de caminhada. A trilha tem dificuldade moderada. Fique atento, prefira ir de tênis e não se esqueça de levar água.

Na trilha, você irá passar pela prainha da barra, deixe para parar nela na volta, a paisagem no caminho para as piscinas é de tirar o folego.

Chegando nas piscinas, pode deixar suas coisas nas pedras, é bem tranquilo, sempre deixo celular e carteira dentro da mochila e nunca tive problemas.

Na volta, pare na maravilhosa prainha. Você pode alugar guarda sol também.
A Prainha da Barra é extremamente linda em dias de sol, agua limpa e transparente, você vai adorar.
Fique de olho no relógio, lembre-se que seu ônibus para São Paulo  sairá as 19:00h.

Se é que isso é possível, quando se cansar da prainha, volte para a Barra da Lagoa e almoce, ali, opções não faltam

Tente pegar o barco de volta para o centrinho da Lagoa por volta das 16h. Você chegará no centrinho por volta das 16:40h

Voltando para São Paulo

Essa é literalmente a parte mais chata. Tanto por ser o momento de deixar aquele paraíso para trás, quanto pelo pequeno perrengue que se tem em fazer uma viagem em apenas dois dias.

A volta para São Paulo é parte que se deve ter mais atenção.  Nunca, em hipótese alguma, deixe para comprar sua passagem de volta lá em Florianópolis, compre sua volta no momento da compra da ida.

Chegando por volta das 17h horas no centrinho, vá para o terminal de ônibus e siga para rodoviária. VocÇe chegará por volta das 18h, é cedo, mas é melhor prevenir, você não vai querer perder seu ônibus.

Comentários