O que fazer em Lima, Peru?

0
1009
O que fazerm em Lima - Plaza de Armas
Lima. Foto: Viajesemsegredo

O que fazer em Lima, Peru.

O que fazer em Lima? Indo pra Cusco/Machupicchu ou qualquer outro lugar do Peru, provavelmente você terá uma conexão em Lima. Então, por quê não aproveita-la um pouco?

A arquitetura do centro histórico  de Lima é simplesmente encantadora. A gastronomia então, é algo que você realmente tem que experimentar, mas o que mais encanta em Lima, é todo seu valor histórico.

A locomoção, apesar do transito caótico, é relativamente fácil e é possível fazer um bom roteiro em um dia, mas recomendo faze-lo em dois, para que você possa aproveitar com calma e descansar.

Há muita coisa para se conhecer em Lima, mas em uma viagem rápida de um ou dois dias, você pode conhecer a Plaza de Armas, o museu Convento de San Francisco de Asis (com visitas às catacumbas) , museus gratuitos no Centro de Lima, o Parque Kennedy e o sitio arqueológico de Huaca Pucllana.

Você pode aproveitar também e tirar um dia para conhecer Caral, a civilização mais antiga das Américas e a terceira mais antiga do mundo, localizada  em Supe, à 200Km de Lima.
Saiba como chegar no post http://viajesemsegredo.com.br/conheca-as-piramides-de-caral-no-peru-e-saiba-como-chegar-gastando-pouco/

É claro que não posso deixar de explicar como aproveitar Lima em poucos dias, gastando muito pouco.

Saindo do aeroporto de Lima.

A melhor maneira de sair do aeroporto em Lima, é de taxi. Os taxis em Lima merecem até um artigo único pois são muito peculiares. Não tem taxímetro e o preço deve ser negociado antes da corrida.

Os táxis não aceitam cartão, tem que ser no dinheiro mesmo, então faça o cambio ou saque nos caixas eletrônicos ainda dentro do aeroporto. Se você perguntar para um taxista se ele aceita dólar, ele vai dizer que sim e não vai cobrar menos de U$50,00 a corrida.

Para se ter uma ideia, uma corrida do aeroporto até Miraflores, não pode custar mais do que 70 Soles Peruanos, até o centro, não mais do que 50 Soles Peruanos.

Muito cuidado com os táxis clandestinos em Lima e evite dar muitas informações. Evite assuntos que envolvam dinheiro, diga que tem pouco e que vai usar apenas cartão de crédito.

Dica de ouro: Negocie o preço com o taxista o máximo possível. Ele vai baixar o preço.
Consulte sempre se o hotel/hostel possui serviço de translado.  Normalmente os preços são justos.

***Não se esqueça de se divertir com a maneira que os peruanos dirigem, pode assustar no começo, mas no fundo é bem divertido.

Comprar moeda peruana em Lima – Nuevo Sol Peruano

Sol Peruano
Nuevo Sol Peruano

No Brasil, é um pouco difícil comprar a moeda peruana, a melhor coisa a se fazer é comprar dólares ou levar reais mesmo  e comprar uma pequena quantidade de soles peruanos no aeroporto em Lima.

Não compre dinheiro nas ruas, você  vai ver tanta gente “credenciada” fazendo cambio nas ruas que vão parecer confiáveis, mas não são!

O Peru tem uma incidência muito grande de notas falsas. A maioria dos estabelecimentos comerciais possuem até uma maquina para verificar a autenticidade das notas.

Compre o Sol Peruano em casas de cambio, Miraflores está repleta delas e eles carimbam as notas para identificar que saiu de lá.

Uma boa dica: Notas com carimbos costumam ser verdadeiras.

Transporte publico em Lima

Foto: Reprodução

Os ônibus em Lima podem parecer confusos no começo e realmente são. Você nunca sabe se ele está indo ou voltando, é necessário ler na lateral os bairros que eles passam. Enfim, pode ser um desafio utiliza-los mas quem tem boca vai a Roma .

O metrô de Lima ainda é pequeno e não atende aos pontos turísticos, porém, existe um alternativa muito interessante que é o METROPOLITANO.

O Metropolitano é muito parecido com o transporte publico de Curitba, ônibus que andam em corredores e param em estações e você não paga novamente se não sair da estação. Se você quiser saber mais, pode conferir no site deles, www.metropolitano.com.pe .

A tarifa custa algo em torno de 3 soles peruanos. Basta comprar  e carregar um cartão nas maquinas ou nos próprios guichês que existem nas estações. É muito fácil comprar na maquina, as instruções são bem intuitivas e se você demorar, alguém vai perceber que vocês está precisando de ajuda pois irá se formar uma fila imensa atrás de você.

Para conhecer Miraflores e o Centro de Lima, você só precisa decorar o nome de duas estações: Estacion Ricardo Palma e Estacion Central de Lima.

Onde se hospedar em Lima?

Miraflores! É o melhor local para se hospedar em Lima. Todos os turistas vão pra lá por sua infraestrutura.

Existem muitas casas de cambio, bancos, restaurantes fast food, hotéis e hostels, você não precisa caminhar muito para encontrar qualquer coisa que precisar.

A região do Parque Kennedy concentra tudo isso e fica cerca de 5 minutos de caminhada até a Estacion Ricardo Palma e cerca de 10 minutos de taxi até Barranco, um ótimo lugar para curtir a noite de Lima. É de fato um ponto estratégico.

Clique aqui e confira uma lista de hostels para se hospedar em Lima.

O que conhecer em Miraflores?

Em Miraflores, basicamente você pode conhecer o Parque Kennedy, colocar os pés no Oceano Pacifico e visitar o imperdível sitio arqueológico de Huaca Pucllana.

O Parque Kennedy é muito bonito e em toda sua volta, há toda uma infraestrutura para turistas. Vale a pena gastar 1 hora mais ou menos por ali.

O sitio arqueológico de Huaca Pucllana fica à uns 10 minutos de caminhada desde o Parque Kennedy.

O Huaca Pucllana foi habitado por limenhos entre os anos 500 e 700 d.C. A entrada custa em torno de 15 soles e é realmente um lugar que você deve visitar. Vai te ajudar a ter mais interesse sobre toda a historia limenha. Confira o site oficial de Huaca Pucllana para mais detalhes: http://huacapucllanamiraflores.pe

As praias em Lima não são muito atraentes, principalmente por que Lima é uma cidade que quase nunca faz sol, apesar de chover muito pouco, está sempre nublado.

Se você for uma pessoa de muita sorte, mas muita sorte mesmo e o tempo estiver aberto, tente observar o por do sol no oceano pacifico, é realmente algo de se tirar o folego.

Centro histórico de  Lima

Chegar ao centro histórico de Lima é realmente fácil. Saindo da Estação Central, em poucos minutos de caminhada você já irá encontrar prédios lindíssimos. Faça uma rota da estação central até o Convento de San Francisco de Asis de Lima que não tem erro.

Você vai passar pela Plaza de Armas e tudo o que você precisa conhecer em Lima. Aconselho o uso do app para celular Maps.me. Um excelente app de mapas off-line, realmente indispensável, mas como em qualquer cidade grande, muito cuidado com o uso de celular nas ruas.

***Uma curiosidade: Por toda Lima, você será reconhecido como turista mesmo sem abrir a boca. Irão te oferecer todo o tipo de coisas, de tatuagens até drogas. Evite conversar com estranhos e pergunte o preço antes de consumir qualquer coisa.

Não deixe de conhecer o Museo del Convento de San Francisco de Asis de Lima. Apesar de o apelo para visitação serem as catacumbas, o que mais nos impressionou foram a biblioteca e todo o conteúdo da visitação. Você aprende muito lá e se estiver indo para Cusco,  vai te ajudar a entender melhor  todo o processo de conversão religiosa imposta pelos espanhóis.

O tour pelo convento é guiado em inglês ou espanhol, custa em torno de 10 soles e tem duração média de 1:30h.
Prefira o tour em espanhol, os guias falam devagar e é muito fácil compreender.

Saindo do Museo del Convento de San Francisco de Asis de Lima, vá até rua Jirón Ancash, fica logo em frente ao convento e há diversos museus gratuitos para visitação. Depois, caminhe um pouco pela região.

Gastronomia em Lima: O Peru não é só ceviche

O que fazer em Lima - Arroz con Mariscos
Arroz com mariscos – Foto: Viajesemsegredo

Se você gosta de comer, Lima é o lugar certo. Onde quer que você esteja, no centro de Lima, em Miraflores, em Cusco, enfim, a comida peruana é realmente sensacional.

Tome cuidado quando te perguntarem: Picante ou não picante, avalie bem sua resposta. A comida peruana é muito apimentada e se você responder “picante”, vai ser realmente picante!

Prefira pedir um molho a parte e você mesmo vai dosando a quantidade de pimenta. Para se ter uma ideia, os fast foods de lá são um apimentados.

Você verá por todos os lados um tal de Lomo Saltado e Lomo Saltado a Lo Pobre.  Lomo saltado nada mais é do que carne (tipo bife) batata frita e arroz, Lomo saltado a lo pobre vem com ovos fritos. Uma pedida barata, saborosa e que realmente mata a fome.  Cuidado, a quantidade costuma ser exagerada.

Você verá também muito um tal de CUY. Um fofinho e delicioso porquinho da índia que não costuma ser tão barato em Lima.

O que fazer em Lima - Ceviche
Ceviche de Pescado – Foto: Viajesemsegredo

Os preços das refeições em Lima variam muito, você pode comer um ceviche com menos de 15 soles, um arroz com mariscos por menos de 20 soles, um lomo saltado com menos de 10 soles, mas tudo depende de onde você escolher comer.

Se você quiser pagar barato mesmo para comer bem (quantidade e sabor) vá até a região do mercado N° 1 Surquillo, muito próximo à Miraflores e à estação Ricardo Palma. Se tiver coragem, vai encontrar ceviches por 9 soles em barracas nas ruas e tente comer no próprio mercado. É roots, mas incrível!

Tem dicas sobre Lima? Não deixe de escrever nos comentários no fim da pagina.

Comentários