O que ninguém conta sobre Machupicchu

7
15549
Foto: Viajesemsegredo

Machupicchu é muito desejada por todos os viajantes mas não é exatamente uma destino barato. Não pelo preço do ingresso para entrada ao parque mas sim pelo alto custo do transporte de Cusco até lá.

Não desanime, iremos contar o que ninguém conta e te ajudar a planejar melhor e gastar o mínimo possível para conhecer uma das sete maravilhas do mundo moderno.
E não se preocupe, vai valer cada centavo!!

Aproveite para ler nosso post “Roteiro Cusco Machu Picchuclicando aqui.

Chegar em Machupicchu não é barato

valores cusco Machupicchu
Valores para chegar em Macchupichu

Com esse tópico, acredito que você pensou: “vou fazer a trilha caminhando e pagar menos”. Errado!!!
A famosa trilha Inca de quatro dias de caminhada custa aproximadamente U$400,00. Isso mesmo, quatrocentos dólares e a trilha Salkantay de cinco dias de duração,custa cerca de U$240,00.

Ir de trem até Aguas Calientes (povoado onde fica Machupicchu) custa aproximadamente U$200,00. É possível ir de trem em dois dias ou em um bate e volta de um dia e o preços não variam muito. Você pode conferir os valores do trem nos sites oficiais da Peru Rail e Inca Rail mas ainda existe uma opção mais barata, porem um pouco cansativa.

Você pode ir de van até a hidroelétrica e depois caminhar até  Aguas Calientes mas isso vai te custar *6 horas na estrada  e 4 horas de caminhada. Você sai de cedinho de Cusco e chega quase de noite e dorme em um hostel em Aguas Calientes, na manhã seguinte, faz a visita à cidade perdida e depois, mais 4 horas de caminhada até a hidroelétrica e mais 6 horas de estrada até voltar à Cusco. É bem puxado, mas você consegue pagar algo entre U$100,00 e U$120,00. Tudo isso faz parte de único pacote com ingresso para o parque incluso.

Em qualquer das opções, você ainda tem que pagar o ônibus para subir e descer de Machupicchu e custa U$12,00 o trecho, ou seja U$24,00 para um trajeto muito curto. Você pode optar descer por uma trilha e o trajeto dura cerca de 1 hora até Aguas Calientes, subir pela trilha, sem chance. Encontramos muitas pessoas subindo a trilha e elas estavam extremamente cansadas. Pense bem antes de decidir subir a trilha se você não for uma pessoa acostumada a faze-las.

Todos os meios em que você comprar um pacote em Cusco, o ingresso ao parque (somente ao parque e nenhuma das montanhas) está incluso , S/.152 (Cento e cinquenta e dois soles – valor atualizado em 2017). Você pode comprar o ingresso no site do Governo Peruano, mas sinceramente, não vale a pena. Ele é valido só para o dia escolhido e o preço do transporte não vai mudar. As agências ganham cerca de S/. 60 soles em cima de tudo. Vale a pena pois é pouco no montante e você tem menos trabalho.

Não compre nada antes de chegar em Cusco, pechinche bastante, os preços variam muito na base da conversa.

 Conheça o Vale Sagrado antes de MachuPicchu

“Uma ruina sem história, é apenas uma ruina”

Ir para Machupicchu sem conhecer a historia dos Incas é um enorme desperdício. O tour guiado em Machupicchu é muito bom mas dura no máximo duas horas e você não vai conseguir aprender muito, tanto pelo tempo quanto pelo deslumbre que Machupicchu vai lhe causar.

Se você não conhecer o Vale Sagrado antes, você vai sair de lá apenas com fotos de ruínas sem entender muito bem para que serve cada coisa. Todos os detalhes da cidade perdida tem um significado.

Aproveite ao máximo o Boleto Turístico

Você já deve ter ouvido falar que deve comprar o boleto turístico em Cusco e realmente deve. Ele custa S/.130,00 e S/.65,00 para estudantes. Ele dá direito à conhecer 16 lugares inclusive o Vale Sagrado. O grande problema é, como chegar em todos os lugares que o boleto lhe dá direito?
Para comprar o boleto, dirija-se à Municipalidad de Cusco, localizado na Avenida El Sol, 103. A avenida El Sol é uma das principais avenidas de Cusco, super fácil de encontrar.

O boleto turístico é dividido em três circuitos:

Circuito I – Parque Arqueológico Saqsayhuaman que você pode conhecer Q´enqo, Pukapukara e  Tambomachay. Esse circuito fica ao redor do centro de Cusco mas é difícil ir a pé, não compensa ir de taxi pois você encontra tours guiados por cerca de S/.25,00. Tem duração média de meio dia.

Circuito II – Inclui grande parte dos museus da cidade de Cusco e pode ser feito a pé sem o menor problema.

Circuito III – Inclui o grande parte do Vale Sagrado. O Vale Sagrado é distante de Cusco e a melhor maneira é fazer tour guiado, custa cerca de S/.35,00 e dura o dia todo. Não é possível visitar todo o Vale em apenas um dia, então veja o que lhe interessa mais e escolha o passeio de acordo com o seu tempo.

Conheça o máximo possível, é realmente enriquecedor e não é caro. Tudo o que você negociar em Cusco você terá desconto. Grave esses valores e chegue o mais próximo disso ou até menos. Basta chegar nas diversas agências que você verá por todo o canto, apontar o que você quer conhecer e negociar o preço.

Conheça o Qorikancha

Apesar de o Museu do Sitio de Qorikancha estar incluso no boleto turístico, não é o mesmo que o Convento de Santo Domingo de Cusco, mesmo um completando o outro. O museu  é pequeno mas vale a pena a visita pois dá acesso ao jardim.

A visita ao Convento de Santo domingo, se for feito com um guia, será o maior aprendizado que você terá sobre a história de Cusco e aprenderá muito também sobre  todos os passeios que você fizer depois dele.

A entrada custa somente S/.10,00 e o guia não deve custar mais do que isso. Se não conseguir chegar nesse valor, observe os grupos dentro do Qorikancha e pergunte para o guia quanto  ele cobra para participar do grupo, não vai custar mais do que os S/.10,00.

Tente conhecer o Qorikancha. As fotos falam por si só e é impossível descrever a sensação de estar lá.

Cinco dias em Cusco/Machupicchu não é suficiente

Cusco e Machupicchu não devem ser visitadas e sim sentidas.
Vemos muitos pacotes com cinco ou seis dias mas acredite, não basta, até por conta da altitude. É possível conhecer bastante coisas em cinco dias mas não sentir.

Veja o post “Roteiro Machu Picchuclicando aqui.

Tente planejar no mínimo sete dias  e no máximo dez para o tour completo. Você irá usar um dia para descansar, outro para pechinchar e depois irá dar inicio ao passeios e quando tudo terminar, se arrependerá de ter sua passagem de volta comprada.

Altitude não é brincadeira

A altitude é o assunto mais postado e não podemos deixar de falar sobre.
A altitude pode estragar sua viagem, algumas pessoas não sentem, outras pensam que não sentem e algumas ficam incapacitadas de caminhar no primeiro dia.

Demora algumas horas para você sentir os efeitos e eles variam. Náuseas, sonolência, desmaios, enfim, tire o primeiro dia para caminhar devagar e se aclimatar, o segundo dia para se certificar que você está bem e aproveite para pechinchar e negociar os preços.
Não hesite em tomar o chá de coca, realmente ajuda.

Em ultimo caso, você pode comprar um shot oxigênio ou um remédio para mal de altura nas farmácias.

Tente passar um Domingo em Cusco

O domingo em Cusco é um espetáculo a parte. O dia todo tem algo diferente para ver e comer.

Fique na cidade no domingo, não faça nenhum tour. Há barracas de comida durante o dia nas praças e durante a noite o povo se reúne para contar piadas e tem também barracas de jogos ao estilo das quermesses brasileiras só que muito mais parecidas com o parque de diversões que aparecem nos episódios do Chaves além de diversos enfeites nas ruas para procissões religiosas.

*Erramos – Dissemos que para ir de Van até a hidroelétrica levaria 12 horas de estrada e 1 hora de caminhada quando na verdade são em média 6 horas de estrada e 4 horas de cainhada.

Nossa intenção aqui foi de ajuda-lo a otimizar sua viagem para Cusco/Machupicchu.
É impossível precisar o quanto você vai gastar  com os tours pois tudo no Peru depende de pesquisa e negociação com exceção do ingresso à Machu Picchu e o boleto Turístico que são vendidos pelo governo.

Esperamos ter ajudado e se faltou alguma coisa e se estiver com alguma dúvida, não deixe de perguntar.

7 COMENTÁRIOS

    • Olá Fernando. Concordo com você, basta ter disposição. Eu só fiz a descida a pé e encontrei muita gente extremamente cansada no caminho. Obrigado pelo comentário. Essa é a ideia do blog, quanto mais informações e opiniões, melhor! Abraços!

  1. ola pessoal, tudo bem?
    é verdade o trem de Cusco até Aguas Calientes é caro de mais e pior ainda o ônibus para Machu Picchu, mas não é recomendável subir a pé por que Machu picchu é uma cidadela com muitas gradas porem a caminhada é bem cansativa o recomendável seria subir de ônibus e descer a pé, os hotéis em Aguas Calientes são bem caros, o recomendável seria pernoitar em um hostel

Comentários