Existe taxa de imigração na fronteira da Bolívia com Chile?

1
1716
Taxa de imigração na Fronteira da Bolívia
Imigração Boliviana - Fronteira Bolívia - Chile. Foto: Viajesemsegredo

Taxa de imigração na Fronteira da Bolívia com o Chile.

Há muitas informações desencontradas pelos foruns e grupos de viagem sobre o pagamento de uma taxa de imigração na Fronteira da Bolívia que as vezes é exigido na divisa Bolívia com o Chile, normalmente quando se faz o tour pelo Salar de Uyuni e o destino final é San Pedro de Atacama no Chile. E aí vem a grande a duvida:

Existe mesmo taxa de imigração na fronteira da Bolívia com Chile?

A resposta é um caloroso NÃO! Taxa na fronteira da Bolívia é ilegal, propina mesmo!

O que fazer então quando for cobrada essa “taxa”?

Isso é um pouco complicado pois depende do seu perfil e da sua tolerância com esse tipo de situação.

A “taxa” tem um valor relativamente baixo, $15 Bolivianos, aproximadamente R$7,50. É uma maneira bem inteligente de aplicar o golpe, ninguém vai reclamar por causa de R$7,00, você não tem como provar e eles acabam ganhando na quantidade.
Alguns preferem simplesmente pagar e não discutir. Se esse for o seu perfil, tudo bem, pague seja feliz, e se não for, pode tentar seguir as dicas a seguir:

1- Não discuta de forma agressiva ou arrogante

Acho que essa é a dica primordial. Discutir, espernear, dizer: Isso é ilegal e eu tenho meus direitos, não vai funcionar, vai só piorar as coisas na verdade. Por mais que você esteja certo, ninguém gosta de pessoas agressivas e arrogantes e no meio do deserto, fronteira entre Bolívia e Chile, certamente você não vai ter a quem recorrer.

2- Peça seu comprovante, a famosa boleta

Se acontecer de cobrarem a tal taxa, peça gentilmente o comprovante de pagamento que é claro, não existe.
Invente uma história, diga que você está fazendo uma matéria para uma revista, blog e etc e precisa do comprovante para ter o reembolso. Diga que você irá até escrever um artigo sobre isso pois ninguém informou sobre a taxa.

3- Diga que não tem dinheiro

Não quer inventar história e nem pagar a “taxa”, faça uma cara de desespero e diga que não tem dinheiro, que ninguém te avisou e que estava com o dinheiro contado, o agente de imigração vai te liberar. *Essa dica vale na saída da Bolívia pois se você estiver entrando, terá que ter dinheiro para a entrada dos parques e etc.

4- Converse com o seu guia antes.

Antes de chegar na fronteira, pergunte para seu guia, como quem não quer nada, se essa taxa existe. Se ele disser que não, fique tranquilo que ele vai te ajudar, se disser que sim, aí significa que ele faz parte do esquema então, siga a dica 2 ou 3.

Dica bônus:

Poucas pessoas se atentam ao fato de que o visto de turismo boliviano vale por apenas 30 dias e não por 90 como de costume nos países da América do Sul e esquecem de renova-lo. Portanto, não perca e ande sempre com o papel que é fornecido na entrada da Bolívia. Ele é sua garantia de que você não será multado e ajuda a evitar a cobrança de qualquer outra propina.

Vale ressaltar que não é sempre que acontece essa cobrança e resolvi escrever esse post pois percebi que algumas pessoas afirmam que essa taxa existe mesmo e é normal. Ela as vezes existe e é ilegal.

Leia outros posts sobre a Bolívia clicando aqui.

PS: Não tive problemas na fronteira e colhi essas informações com nosso próprio guia durante o tour pelo Salar de Uyuni.

Teve algum problema na fronteira da Bolívia com Chile ou tem alguma outra dica? Não deixe de escrever nos comentário no fim da pagina.

1 COMENTÁRIO

Comentários